7 de out de 2010

base das cores dos piriquitos

A base das cores dos periquitos

Só existem duas linhas de cor de periquitos: o verde, ao qual se inclui o amarelo, e o azul o qual se incluem os cinzas e os brancos. A linha verde é dominante, logo, se não portarem azul (ser filho de um pai ou uma mãe azul) seus filhotes serão todos verdes, e no teu caso o verde cinza, porque o cinza mistura com o verde.


O amarelo (lutino), amarelo de olhos vermelhos, só o macho pode dar uma filha amarela, mesmo sua fêmea sendo de outra cor. Mas quando se tem uma lutina (fêmea), ela não consegue passar filho (a) lutino com um macho de outra cor (cor normal). Porque esta mutação (lutino) é ligada ao sexo, é um caso onde só os machos passam. Para obter machos lutinos, ou albinos, somente com um casal de lutinos, ou albinos, ou uma fêmea ino com um macho normal portador de ino (qualquer outra cor). Porém, os filhos machos deste casal (o teu) serão portadores de ino (gene para o amarelo de olho vermelho, lutino, e para o branco de olho vermelho, albino, porque a mãe é lutina, ino).

Conchecendo esta e outras características genéticas (quem domina e quem é dominado) os resultados das proles podem até ser programados pois não fugirão a regra.

Ino .............................................lutino ou albino

Portador.......................................filho de pai ou mãe com aquela mutação

Verde............................................ dominante sobre o azul, anula, só permite amarelo

Azul...............................................dominante sobre o albino, porém combina, permite.

Normal....quanto a cor...........................qualquer cor que não seja albino ou lutino

Pra fazer lutino dar albino..............cruzar com azul, pois o branco vem do azul

Os filhos machos dos ino ............serão portadores de ino (não importa a cor deles)

Os filhos dos verdes com azul .......serão portadores de azul.

Os cinzas ........................................são considerados azul, procedem como tal

Tem que estudar não tem? Periquitos, mutações, genética em periquitos, herança ligada ao sexo, dominância, recessivos e vai por aí a fora. Ninguém em lugar algum do mundo sabe tudo, cada um sabe um pouco. E agente aqui procura colaborar um pouquinho também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário