30 de out de 2010

Piriquito = Herança Ligado ao Sexo

Herança Ligado ao Sexo

O conhecimento da Herança Ligada ao Sexo é fundamental para o criador de periquitos, uma vez que hoje se sabe a importância que ela exerce no tamanho e qualidade das penas. Fatores como opalino e asa canela são usados com o intuito de correção e melhoria das penas. No periquito australiano a Herança Ligada ao Sexo rege o acasalamento para os fatores: opalino, asa canela, lutino, albino, e lacewing (asa rendada). Assim, neste artigo, quando dermos um exemplo de qualquer dos fatores acima, ele é igualmente válido para os outros fatores. Na Herança Ligada ao Sexo, o Gen que determina um fator, se encontra no cromossomo que vai determinar o sexo do descendente, daí o nome. A representação usada na Herança Ligada ao Sexo é:

XX - representa o cromossomo do sexo masculino;

XY - representa o cromossomo do sexo feminino;

Assim, todo cruzamento ligado ao sexo será representado da seguinte forma:

XX (macho) x XY (fêmea)

Obs; O símbolo Y na fêmea, significa ausência de gens determinantes da característica. Assim sendo, ele determinará o sexo feminino do descendente, porém não vai determinar os fatores opalino, canela, inos e rendados. Como já visto no artigo anterior, aqui também temos que ter em mente que o gameta (óvulo ou espermatozóide) quando for formado terá apenas a metade dos cromossomos, assim sendo:

periquito macho XX produzirá dois tipos de gametas XX (teremos espermatozóides com símbolo X)

periquito fêmea XY produzirá dois tipos de gametas XY (teremos óvulos com símbolo X e símbolo Y)

Como já dito anteriormente, os fatores ligados ao sexo vão ter os gens apenas nos cromossomos X e não vão existir no cromossomo Y. Assim, as possíveis representações nos cromossomos, vamos convencionar da seguinte forma:

X'op (cromossomos X portando o gen determinante do fator opalino)

X'can (cromossomos X portando o gen determinante do fator asa canela)

X'ino (cromossomos X portando o gen determinante do fator INO)

X'lw (cromossomos X portando o gen determinante do fator Lacewing/rendado)

Neste ponto podemos chegar à conclusão fundamental e que deve ser guardada por todos; na Herança Ligada ao Sexo em periquitos australianos, para que o macho mostre o fator, é necessário que ele esteja presente em ambos os cromossomos. Já para a fêmea ele necessita estar presente em apenas um dos cromossomos (no caso o X). Assim, os machos poderão ser portadores (split) para um fator ligado ao sexo, ao passo que as fêmeas jamais serão portadoras (split). Exemplificando:

XX - macho normal

X'X (op) - macho portador de opalino

X'X' (op) - macho opalino

XY - fêmea normal

X'Y (op) - fêmea opalina

Obs; os gens determinantes dos Fatores Ligados ao Sexo podem estar presentes nos cromossomos em números variados, por exemplo:

X'' (op, can) cromossomos com genes para opalino e canela;

X'' (op, ino) cromossomos com genes para opalino e INO;

X''' (op, can, lw) cromossomos com genes para opalino, canela e lacewing;

Também quando pensamos no genótipo dos indivíduos, poderemos ter uma variação enorme:

X''X' (op, can) (ino) - macho portador de opalino canela e Ino;

X'''X (op, can, Ino) - macho portador de opalino, canela e Ino;

X''Y (op,can) - fêmea opalino canela

X''Y (op, Ino) - fêmea opalino Ino (Lutino ou Albino), etc...

Para finalizar, resta-nos saber, como devemos proceder com os acasalamentos, e até devemos apenas aplicar o que vimos anteriormente. REPRESENTAÇÃO DE UM ACASALAMENTO USANDO A HERANÇA LIGADA AO SEXO:

Macho XX x Fêmea XY = (50% de indivíduos machos, e 50% fêmeas)

Exemplificando um acasalamento com vários Fatores Ligados ao Sexo:

Macho opalino lutino e split de canela X Fêmea canela

X'''X'' (op, lut) split (can) XY' (can)

Filhotes:

X''' X' Macho canela, split de opalino e lutino;

X'''Y Fêmea opalino, canela e lutino;

X''X' Macho split de opalino, canela e lutino;

X''Y Fêmea opalino e lutino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário