1 de jul de 2011

Canarios de Cor lipocomos e melanicos

Sei que neste fórum existem pessoas com opiniões e ideias mais experientes que eu. Não sou juiz nem aspirante a Juiz de Ornitofilia. Por isso este pequeno artigo pode conter algumas falhas ou estar menos completo em alguns aspectos. Apenas quero dar o meu modesto contributo nesta matéria com esta pequena introdução ao mundo da nomenclatura OJM/COM dos canarios de cor.

Como sabem o standard de canarios de cor OMJ/COM basicamente dividem-se em duas categorias.

Os canarios melanicos e os canarios lipocromos.


















Os canarios de cor lipocromos caracterizam-se por ter uma cor lisa e uniforme com subplumagem sempre

branca. As três cores de base são o amarelo, branco para os canarios sem factor, e o vermelho nos

canarios com factor. Estas cores conforme se distribuem nas penas podem apresentar diferentes

tonalidades e efeitos. As patas, o bico e unhas são de cor clara.

Os canarios de cor melanicos são caracterizados por apresentarem estrias pretas e castanhas,

denominadas melaninas.Estes pigmentos negros e castanhos são denominados respectivamente eumelaninas

(preto) e feomelaninas (castanho).

As estrias podem ser mais largas ou mais estreitas e as melaninas mais definidas ou menos acentuadas

devido a maior ou menor diluição destes pigmentos.

A classificação dos canarios de cor melanicos baseia-se na definição e aparência das melaninas.

Nos canarios melanicos linha clássica, de acordo com as características das melaninas são

classificados segundo uma ordem decrescente de intensidade na tonalidade ou intensidade do preto e

castanho.

Os canarios melanicos clássicos agrupam-se em quatro tipos (Negros, Castanhos, Ágatas e Isabeis),

divididos em 2 grupos (Oxidados e Diluidos).

Oxidados - a eumelanina ocupa o eixo das penas tectrizes e prolonga-se por todo o seu comprimento. O resultado é um desenho estriado longo, largo e ininterrupto deixando aparecer nitidamente a inter-estria: (nos intensos: melanina 50% e cor de fundo 50%) ; (nos nevados e mosaicos:melanina 60% e cor de fundo 40%).


















Negros - máximo de preto e máximo de castanho (ver foto 1)
Castanhos - ausência de preto e máximo de castanho

Diluidos -são caracterizados por uma redução da saturação das das eumelaninas.O resultado é um desenho mais fino que o dos oxidados, apresentando um aspecto mais fino e interrompido.


















Ágata - preto diluido e castanho diluido (ver foto 2)
Isabel - ausência de preto e castanho diluido

Compreender o Standard Internacional de canarios de cor OMJ/COM, não é difícil mas requer algum esforço pois infelizmente não conheço nenhum livro técnico português com fotografias a cores comentadas, apresentando todos os exemplos possíveis de canarios de cor.

A bibliografia consultada foi o Nº1 da revista Portugal Ornitológico "Standard Internacional de canarios de cor OMJ/COM".

Lista de fotos com nomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário