5 de ago de 2011

FÊMEAS MOSAICO

FÊMEAS MOSAICO
A categoria mosaico representa quase que um capitulo a parte na canaricultura pela sua
beleza particular e indiscutível. Muitos artigos, considerações, discussões técnicas e
debates tem se desenvolvido em torno destes exemplares, sempre visando um
constante aperfeiçoamento da sua beleza.
Julgados separadamente pelo seu dimorfismo sexual, machos e fêmeas, temos notado
uma tendência em discutir e debater mais intensamente sobre as características dos
machos sendo que as fêmeas tem merecido menos atenção no seu estudo, análise e
apuração.
Nos permitimos desta forma, fazer uma análise sobre critérios de julgamento, formas de
acasalamento, etc. das fêmeas mosaico em função da experiência adquirida tanto em
mesas de julgamento como na cria, sempre a procura de exemplares mais definidos.
Em primeiro lugar, gostaríamos de lembrar que de acordo com o nosso Manual de
Julgamento, a categoria mosaico tem menos peso na pontuação dos canários melânicos
(máximo 9 pontos), do que nos canários lipocrômicos (máximo de 19 pontos). Assim
sendo, as penalizações para eventuais defeitos no mosaiquismo dos canários da linha
escura representa em menor perda de pontos do que nos canários da linha clara.
CRITÉRIOS DE JULGAMENTO
Observando no Manual de Julgamento vemos que são três os fundamentos gerais a
serem observados:
Cor: Lipocromo presente nas regiões de eleição o mais intenso possível.
Desenho: O mais nítido possível.
Contraste: A máxima pureza do branco, que deve contrastar com a intensidade do
lipocromo.
O DESENHO DAS FÊMEAS
São quatro as regiões onde devemos encontrar manifestações de lipocromo.
Olhos
Encontros
Uropígios
Peito
Olhos - Uma linha horizontal na altura dos olhos intensa, nítida e bem marcada.
Encontros - Marcação nítida e intensa com área de atuação menor que as dos machos.
Uropígios - Deve apresentar lipocromo intenso e bem delimitado.
Peito - Ausência de lipocromo, tolerando-se traços leves.
FORMA DE JULGAR
Para avaliar as características acima indicadas, o julgamento destes exemplares
representa várias observações. Na altura dos olhos, avaliamos a nitidez e qualidade do
desenho nos encontros, olhos e uropígios, assim como a qualidade do branco dos
flancos. Por cima e de frente avaliamos a qualidade e quantidade do branco no dorso e
no peito. Considero fundamental dar verdadeira importância ao desenho nítido e bem
delimitado ao olho e uropígio, pois temos vistos exemplares em que a brancura "invade"
essas zonas de eleição merecendo serem penalizados.
ACASALAMENTO
A produção de fêmeas mosaico de excelente qualidade para o concurso representa um
verdadeiro desafio. Pessoalmente tenho a absoluta convicção de ser necessária a
utilização de linhagens completamente diferentes para produzir machos e fêmeas de
concurso. Chegamos a uma constatação muito curiosa sempre que viajamos para a
Europa para observar o trabalho feito pelos criadores do Hemisfério Norte. A
esmagadora maioria dos criadores de vermelhos mosaicos criam somente linhagens de
machos para o concurso. Por outro lado, a esmagadora maioria de criadores de
amarelos mosaicos, criam somente linhagens de fêmeas para o concurso. Procurei uma
explicação lógica por parte dos criadores para saber o porque da contradição da
preferência de uns e outros. Confesso que não consegui uma resposta satisfatória.
Apenas dizem que existe uma "preferência" por parte dos juizes e que em função de
serem julgados machos e fêmeas mosaicos todos juntos na Europa, os machos
vermelho mosaico geralmente ganham das fêmeas e as fêmeas amarelo mosaico
geralmente ganham dos machos.
QUAIS AS CARACTERÍSTICAS DE UMA LINHAGEM PARA PRODUZIR FÊMEAS
MOSAICO?
A escolha das reprodutores para formar um plantel visando à obtenção de excelentes
fêmeas para o concurso começa pela interpretação do Manual. Se considerarmos que o
desenho lipocrômico na altura dos olhos deve se limitar a um traço horizontal, podemos
facilmente concluir que um macho excepcional para concurso dificilmente produzirá uma
fêmea campeã, pois uma máscara muito "ampla" nos machos transmitirá nas fêmeas
"incrustações" indesejadas em volta do bico. Podemos então facilmente concluir que os
machos bons para produzir fêmeas de qualidade para o concurso devem apresentar uma
mascara bem reduzida, muito intensa na altura dos olhos, brancura excepcional e
manter o máximo intensidade de lipocromo nos ombros. Podemos, portanto concluir que
o êxito nas mesas de julgamento dependerá muito da consciência do criador de que a
produção de fêmeas mosaico de alto padrão para o julgamento merece observação e
tratamento especializados. Boa Sorte !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário