05/08/2011

TROCA DE PENAS(MUDA)

MUDA)
Ivo Leite
A muda está caracterizada por ser um processo que causa grande stress fisiológico nas
aves pois estas têm que repor uma percentagem significativa do seu peso corporal.
A luz e o calor influenciam directamente o início da renovação da plumagem. As penas
são compostas de derivados da papila dérmica e são estruturas biologicamente mortas,
e, portanto não exigem fornecimento de sangue. Por esta razão, a pena não se pode
auto-regenerar e torna-se necessário muda-las todas pelo menos uma vez por ano.
Dependendo das espécies, a muda pode acontecer duas vezes, uma pré-nupcial
(parcial) e outra pós-nupcial (completo) ou haver uma muda durante o ano todo.
O processo começa com a sinergia dos factores da luz e do calor que afectam a hipófise
e a glândula tiroideia aumentando os níveis de tiroxina (hormona) no sangue. Este
período coincide com o aumento de horas de maior calor e de luz, o verão.
Se duvidamos que é uma adaptação evolutiva ao meio ambiente podemos verificar que
durante este período há menor necessidade de isolamento ao frio (pois temos
temperaturas elevadas), e há uma abundância de alimentos que reduz a necessidade de
voar tanto para encontrar comida.
Devido ao fotoperíodo há raças de aves que iniciam o processo de muda desde Maio. No
caso dos canários esta começa a 21 de Junho, o dia mais longo do ano, e quando os
dias começam a diminuir. Neste caso e ao contrário do que acontece na reprodução,
muito calor acelera a muda, daí os canários não cantarem.
É evidente que a alimentação neste momento é crucial para se conseguir uma bela
plumagem. As necessidades proteicas são muito importante pois é necessário sintetizar
uma grande quantidade de colagénio. Deve-se enriquecer a dieta com 35% de sementes
ricas em proteínas. As papas são um alimento excepcional ao longo do ano, e
naturalmente durante a muda. As melhores são aqueles que incorporam ovo pois
aumenta o valor proteico da papa e há bastantes papas feitas especialmente para este
período. Os aminoácidos são os constituintes das proteínas, nas aves são cerca de 20.
Os aminoácidos podem ser encontrados em produtos naturais (frutas, legumes, ovos,
etc.), nos suplementos alimentares (complexos vitamínicos com aminoácidos) e até
mesmo incorporados nas papas. Os aminoácidos formam parte da estrutura molecular
das penas. Normalmente complexos vitamínicos são formulados com sais minerais. A
grit fornece também minerais e melhora a digestão das aves, por isso deve estar
sempre à disposição das mesmas.
Há muitos produtos no mercado para ajudar as aves nesta delicada fase da sua vida em
especial se estas têm uma alimentação pobre e que não satisfaça as necessidades de
aminoácidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário