5 de ago de 2011

COMO JULGAR SEUS CANÁRIOS

COMO JULGAR SEUS CANÁRIOS
Neste artigo exporemos, com base no Manual de Julgamento da OBJO, os critérios
necessários para se classificar e se pontuar um canário, esperando que este, ajude aos
novos criadores a entenderem como devem proceder na escolha de seus canários para
um concurso.
CRITÉRIO DE JULGAMENTO DA PLUMAGEM
Neste item o juiz tem a seu dispor o máximo de 15 pontos.
· Pássaros que apresentam uma plumagem completa, uniforme, lisa , aderente e
sedosa. As penas devem se recobrir e se superpor. As asas e cauda serão completas e
intactas. As asas deverão se tocar levemente sem cruzar, a cauda deverá ser fechada,
formando um “M” no final. (exemplar MUITO BOM)
· Pássaros que apresentam apenas um dos defeitos penalizáveis. (exemplar BOM)
· Pássaros que apresentam mais de um dos defeitos penalizáveis (exemplar
REGULAR)
· Pássaros que apresentam diversos defeitos penalizáveis.(exemplar FRACO)
DEFEITOS PENALIZÁVEIS
1. Plumagem muito ou pouco abundante, seca, desordenada ou muito curta.
2. Plumagem incompleta.
3. Rêmiges e retrizes desordenadas (penas desalinhadas, rabo aberto, asa
quadrada).
4. Presença de penas não aderentes, após a linha dos olhos (chifres e/ou pestanas).
CRITÉRIO DE JULGAMENTO DO TAMANHO
Neste item o juiz poderá conceder ao pássaro o máximo de 10 pontos.
· O tamanho do canário está compreendido entre 13 e 15 cm. Porém, devido à
impossibilidade de, em julgamento, se medir um pássaro, devemos utilizar o seguinte
critério:
· Pássaros que não causem dúvidas e estejam dentro dos padrões. (exemplar
MUITO BOM)
· Pássaros que possam causar dúvidas de estarem dentro dos padrões, porém
apresentem boa proporção de formas.(exemplar BOM)
· Pássaros que, apesar de estarem a olhos vistos fora do padrão, apresentem
equilíbrio de formas. (exemplar REGULAR)
· Pássaros excessivamente fora do padrão. (muito grande ou muito pequeno).
(exemplar FRACO)
CRITÉRIO DE JULGAMENTO DA FORMA
Para este item o juiz tem a seu dispor 10 pontos.
Um bom exemplar deverá apresentar as seguintes características:
· Cabeça arredondada, harmônica, com bico curto e cônico. Olhos arredondados,
brilhantes, dispostos numa linha imaginária, superior à linha média do bico.
· Pescoço ligeiramente curto e proporcional ao comprimento do corpo.
· Dorso largo e relativamente curto, formando um único e harmonioso bloco com
as asas, que devem se apoiar natural e simetricamente sobre a base da cauda.
· Peito largo e arredondado, harmonioso com os demais segmentos.
· Tronco não deve ser muito pesado ou muito frágil, em harmonia com o pescoço e
a cabeça, dando ao conjunto uma impressão de elegância e beleza.
· Cauda não deve ser muito longa ou muito curta, harmonizando-se com o
comprimento do corpo. Não deve ser aberta em excesso.
· Membros inferiores robustos e sólidos, com dedos fortes e bem implantados,
dando ao pássaro firmeza no poleiro.
DEFEITOS PENALIZÁVEIS
1. Cabeça achatada, pequena, grande ou pesada em relação ao corpo.
2. Bico fino, longo ou curvo.
3. Pescoço fino e longo ou muito curto, dando a impressão que a cabeça se fixa
diretamente no corpo.
4. Dorso proeminente ou escavado.
5. Peito achatado, saliente ou muito proeminente.
6. Tronco muito fino ou muito grosso, a ponto de tirar a elegância do canário.
7. Cauda aberta, em forma de cauda de andorinha.
8. Pernas muito longas, com coxas finas e descobertas ou muito curtas e escondidas
na plumagem do abdômen.
9. Pássaros que apresentam visível mestiçagem com canários de porte.
10. Pássaros que apresentem, no máximo, um dos defeitos em proporção limitada.
(exemplar MUITO BOM)
11. Pássaros que apresentem um dos defeitos de maneira evidente. (exemplar BOM)
12. Pássaros que apresentem dois a três defeitos em proporção limitada. (exemplar
REGULAR)
13. Pássaros com mais de três defeitos. (exemplar FRACO)
CRITÉRIO DE JULGAMENTO DA PLUMAGEM
Neste item, o juiz tem à sua disposição 10 pontos.
· Entendemos por elegância a maneira como o pássaro se apresenta na hora do
julgamento. Este item está diretamente ligado ao anterior (forma), pois um pássaro
com má forma dificilmente será elegante.
· Dizemos que um pássaro é elegante quando este apresentar: força, vivacidade e
porte.
· O pássaro, quando em repouso, deve apresentar corpo e cauda em uma mesma
linha, formando ângulo de cerca de 450 com o poleiro.
DEFEITOS PENALIZÁVEIS
1. Pássaros muito nervoso, selvagens ou apáticos, parados sobre o poleiro.
2. Pássaros que apresentem asas caídas ou excessivamente cruzadas. Cauda em
desarmonia com o corpo (excessivamente curta ou comprida). Pássaros que se
apresentem no poleiro deitados ou erguidos.
· Pássaros que não apresentem defeitos de maneira evidente. (exemplar MUITO
BOM)
· Pássaros com um defeito. (exemplar BOM)
· Pássaros com dois defeitos. (exemplar REGULAR)
· Pássaros com vários defeitos. (exemplar FRACO)
CRITÉRIO DE JULGAMENTO DA APRESENTAÇÃO
Neste item o juiz poderá conceder até 5 pontos.
· Entendemos por apresentação o estado de saúde e limpeza do pássaro.
· O pássaro deve apresentar bico e penas totalmente limpos, patas sem lesões,
crostas ou escamas, unhas com comprimento normal, saúde perfeita.
1. Pássaros em perfeitas condições de saúde e higiene. (exemplar MUITO BOM)
2. Pássaros que apresentam apenas um item negativo. (exemplar BOM)
3. Pássaros que apresentam dois itens negativos. (exemplar REGULAR)
4. Pássaros com vários itens negativos. (exemplar FRACO)

Nenhum comentário:

Postar um comentário